sol e praia

BELÉM

A região contempla o município de Belém e área insular, formadas por 39 ilhas com destaque para as ilhas de Mosqueiro, Cotijuba, Combu e Caratateua (Outeiro), exibindo paisagens exuberantes e inspiradoras



MOSQUEIRO

Distante apenas 85 km de Belém, a Ilha de Mosqueiro é ideal para o ecoturismo e prática de esportes náuticos, pois sua vegetação é preservada e possuí uma grande quantidade de igarapés, além de suas praias de água doce com ondas, apresentam a singularidade da região


VAI QUEM QUER

Recebeu este nome por ser a mais afastada de todas as praias, cerca de 9km do porto da ilha. A praia é quase deserta, ideal para quem procura sossego e uma paisagem quase intacta pelo homem. Tem pousadas de estilo rústico e os restaurantes servem somente pratos regionais, onde os peixes e camarão da região tem destaques. O acesso é de charretes, puxadas por cavalos, bondes puxados por tratores e mototáxis disponíveis por toda a Ilha


-

A região do Tapajós é composta pelos municípios de Santarém, Belterra e Oriximiná e encanta os visitantes com belas paisagens de cachoeiras, praias, rios, lagos, serras e florestas. Possui heranças portuguesas e uma forte tradição indígena.


Localizada as margens do rio Tapajós, a vila de Alter do Chão possui uma das mais belas praias de água doce, no período de maré baixa. Com águas doces cristalinas, areia branca e a floresta que as cerca. O local é parada obrigatória de diversos navios internacionais que apreciam o local como um paraíso ecológico da amazônia


A bela praia de Ponta de Pedras está localizada na área de proteção ambiental de Alter do Chão. Além da areia branca e fina e de vegetação às suas margens, a praia chama atenção pelas formações rochosas


O maior arquipélago fluviomarinho do mundo é também um santuário ecológico. A paisagem dessa região é marcada pelos campos alagados, mangues, praias com águas salobras, rios, igarapés e fazendas de búfalos. A rústica gastronomia local e o artesanato, através da milenar cerâmica marajoara fazem desse Polo um lugar inesquecível.


A praia de Joanes possui água salobra, temperatura agradável e chama atenção por seus ventos contínuos e ondas que chegam até 1,5m, favorecendo a prática de esportes náuticos, atividades de recreação na areia e banho de sol



O Local é a morada de pescadores e extrativistas, oferecendo experiências inesquecíveis por conta do estilo de vida das comunidades regionais, como a produção de cerâmicas, preparo da culinária exótica e a rotina das fazendas de búfalos.



Seus inúmeros atrativos como praias, mangues, campos naturais, ilhas, reservas ecológicas, além de locais para pesca esportiva. As manifestações culturais e religiosas mais representativas desse Polo são: a Marujada, o Festival do Carimbó, o Boi de Máscaras e o Círio de Vigia.

CRISPIM | MARUDÁ | ALGODOAL | ATALAIA | FAROL VELHO | PRAIA DA PRINCESA | MAÇARICO


ATALAIA


Praia de areias brancas e águas salgadas, o Atalaia é a grande pedida para famílias inteiras devido a sua extensão - ideal para o lazer e atividades esportivas radicais. Crianças se divertem nos laguinhos que surgem durante a baixa-mar e, para completar o cenário praiano, barracas de comidas oferecem os mais variados cardápios aos visitantes


Fazem parte de uma Área de Proteção Ambiental por apresentarem atrativos culturais e naturais importantes para a qualidade de vida da população. O ecossistema local é formado por dunas, praias, restingas, furos, campos naturais, mangues, dentre outros. O "Furo Velho" corta as duas ilhas, possibilitando o acesso as diversas vilas como Algodoal, Fortalezinha, Mocooca e Camboinha com suas belezas naturais. A melhor época para visitar o lugar é de junho a novembro


Vale a pena dar uma esticadinha da vila de Marudá até essa bela praia. De areias brancas e finas, esse pedaço do paraíso é banhado pelo Atlântico, tendo na sua extensão dunas, cajueiros, flores do campo e o ajuru, além do mangue e dos pequenos lagos



É bastante procurada por pessoas que gostam de tranquilidade e o acesso pode ser feito pela praia do Atalaia na baixa-mar, quando surgem ruínas do antigo farol de sinalização ou, ainda, por uma pequena estrada construída sobre as dunas. O local possui extensa área de areia, casas de veranistas, pousadas, bares e restaurantes, além de um por do sol inspirador.

É a praia mais procurada pelos visitantes devido à proximidade da cidade e a boa infraestrutura de serviços. São quase dois quilômetros de areias brancas, ventos e água salgada. Durante a alta estação – Carnaval, junho, julho, setembro, novembro e no Reiveillon é comum encontrar grupos de Carimbó alegrando o ambiente


A mais tradicional praia da região é bastante procurada por conta da proximidade da cidade, da ventilação constante e do aprazível pôr do sol. Quando a maré recua, surgem pássaros perambulando pelas areias e mangues à procura de alimentos. É impossível ficar parado na orla do Maçarico, aqui estão os bares, restaurantes, barracas de tacacá, além de parques infantis e um calçadão incrível para pedalar e caminhar.

A praia fica na ilha de Algodoal no litoral do Pará, sendo bastante procurada por turistas devido as belezas naturais e por ser uma área de proteção ambiental. Banhada pelo Atlântico, a praia da Princesa possui areias brancas, dunas com vegetação nativa e um lago. Para chegar até o local é preciso atravessar de canoa um canal (30 a 40 minutos) até a Vila de Algodoal ou pagar uma charrete, caso a maré esteja baixa, mas vale a pena se deparar com a imensidão da paisagem.

Encanta pela sua diversidade de flora e fauna. Roteiro perfeito para os amantes do turismo ecológico. A floresta, o rio Xingu, um dos principais corredores de pesca esportiva do Estado e as etnias indígenas, formam um excelente ambiente para aqueles que querem um contato maior com a natureza.



A natureza é o ponto forte de Altamira e o rio Xingu o seu maior destaque. Navegar ou tomar banho nas águas esverdeadas do Xingu é uma experiência inesquecível. Suas águas vão de tranquilas a agitadas devido as corredeiras, propícias à pesca esportiva e, seus inúmeros afluentes formam belas praias de areias finas e claras, ilhas e lagos. As praias naturais são sazonais, surgindo no período de julho a novembro, enquanto que as praias artificiais podem ser acessadas o ano inteiro, como a Praia da Orla que fica bem em frente a cidade ou as mais afastadas como a Massanori e Assurini.


Rico em recursos minerais e naturais, é lá que ficam a Hidrelétrica de Tucuruí e a extração Mineral da Serra do Carajás, projetos importantes para economia brasileira. Detentora de grandes rios, a região tem a pesca esportiva como um dos grandes atrativos.

Fica às margens da Baía do Marajó. Suas areias são brancas e finas com vegetação nativa. É uma ótima opção para curtir com a família e amigos durante os finais de semana ou no verão amazônico. Dar um mergulho nas águas mornas e tranquilas do Caripi é muito relaxante, além do mais quando se tem a brisa constante dos ventos acompanhada de uma boa comidinha, é perfeito!

É muito frequentada por ficar na orla da cidade e tem 3 quilômetros de extensão, é famosa por suas areias peroladas e os muitos eventos realizados no verão, que vão de shows culturais a competições esportivas. Aqui, o visitante pode apreciar a paisagem saboreando uma caldeirada de tucunaré dentro d’ água.

Com 5 km de extensão, a praia apresenta uma característica bem peculiar – emerge durante o verão amazônico, que ocorre de julho a novembro. Durante esse período as águas do rio Tocantins secam e dão espaço as areias finas e brancas. O local possui uma boa infraestrutura de serviços e é um dos mais visitados pelos turistas, que ficam em suas mesas e cadeiras dentro d’água apreciando a paisagem.




A praia fica às margens do rio Tocantins. São 3 quilômetros de areias claras e águas tranquilas, perfeito para o lazer de toda a família. Na orla estão os bares e restaurantes, oferecendo o que a cidade tem de melhor na gastronomia, o Mapará frito acompanhado com o açaí.


PENSOU em PARÁ, PENSOU NO ZARPAR.